16.7.08

RECORTES

No início deste mês, passei a colaborar com o suplemento Actual do Expresso, escrevendo sobre banda desenhada e ilustração. Aqui fica o primeiro texto, publicado no passado dia 5 de Julho:



VVAA
Venham + 5
Nº5, Bedeteca de Beja/ CMB
2008, 224 págs.
10 Euros

****

Depois de quatro números em registo de fanzine, poucas páginas e um só caderno alçado, o Venham + 5 regressa em formato livro, numa edição cuidadosamente paginada que assinala os três anos de actividade da Bedeteca de Beja. O volume, editado por ocasião do último Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja (FIBDB), configura uma panorâmica bastante completa da banda desenhada portuguesa contemporânea e das suas relações com artistas estrangeiros que são presença habitual no FIBDB.
Como se lê na apresentação, a escolha dos autores baseou-se mais na cumplicidade construída ao longo destes três anos do que em qualquer outro critério. O resultado é revelador, apresentando desequilíbrios óbvios ao nível do domínio da linguagem, da mise en page e do traço, com trabalhos de artistas consagrados e contributos mais ingénuos, alguns deles ainda presos a uma aprendizagem que se adivinha no início. Mas se esse seria um elemento de fraqueza numa antologia baseada em critérios de representatividade e excelência, não o é num volume que procura reunir a imensa constelação de autores que tem mantido relações com Beja, sobretudo porque as escolhas do FIBDB são, na generalidade, exemplares e de grande qualidade formal.
Entre os 58 autores participantes, com trabalhos maioritariamente inéditos, a variedade temática e de registos é extensa. Há presenças menos regulares fora da auto-edição, como Teresa Câmara Pestana ou Maria João Worm – que apresenta duas pranchas de lirismo acentuado, buriladas na exigente técnica da linogravura –, nomes seguros e de reconhecimento pleno por um público mais vasto, como Miguel Rocha, David Rubin, José Carlos Fernandes – regressando a um registo que remete para o início da sua actividade – ou Lourenço Mutarelli, e contributos de autores fulcrais na cena portuguesa, independentemente da sua notoriedade, como André Lemos, Filipe Abranches ou Pepedelrey. E cumprindo, também, uma certa visão de futuro, importante em volumes antológicos como este, registam-se algumas confirmações, entre as quais é imprescindível destacar a de Susa Monteiro, de quem se ouvirá falar, com toda a certeza, nos próximos anos da banda desenhada portuguesa.

Sara Figueiredo Costa
(Texto publicado no Actual - Expresso, 5 de Julho 2008)

6 comentários:

Richard Câmara disse...

PARABÉNS!: Pelo texto e pela colaboração :)

Um beijinho
Richard

otakotuga disse...

visita---> http://otakotuga.forumeiros.com/index.htm
novo forum sobre manga manga e muito mais :)

Anónimo disse...

Alguém me sabe dizer onde posso comprar este fanzine / revista? Loja física ou na internet.

Obrigado,

Miguel C.

Sara Figueiredo Costa disse...

Miguel,

segundo me informaram, o volume está à venda nas livrarias de bd. Imagino, por isso, que a BD Mania, em LIsboa, a Dr. Kartoon, em Coimbra, ou a Mundo Fantasma, no Porto, o tenham. Mas deixo o telefone da BEdeteca de Beja, caso seja difícil encontrar: 284313318

Anónimo disse...

Sara,

Obrigado pela resposta. Encomendei-o na CentralComics mas não o conseguiram obter. Na Mundo Fantasma nem pareciam conhecê-lo... Nas outras duas vou tentar!

Um abraço,

Miguel C.

Anónimo disse...

Olá, por meio desta, viemos convidá-lo para uma parceria, nosso site fornece gratuitamente a todos os visitantes topedos sms
gratis para seguinte operadoras Tim, Vivo, Oi, Claro e Brasil Telecom... Ilimitado...
Acesse nosso site coloca nosso banner ou form de envio na sua pagina, e colocaremos seu banner na primeira paginas de nosso site.

http://www.torpedosonline.com/

T++